OH, E AGORA QUEM PODERÁ NOS DEFENDER?




“Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra.” Salmos 121.1-2


O Brasil inteiro, através das mídias e rede sociais noticiou e lamentou a morte do famoso e querido humorista mexicano Roberto Bolaños, ocorrida nesta última sexta-feira (28).


“Chaves” e “Chapolin” divertiram toda uma geração nos anos 80 e 90 e até hoje fazem muita gente dar boas gargalhadas com um humor simples e inocente sem as apelações maliciosas costumeiras dos programas humorísticos atuais.


Um dos personagens que citamos acima foi o Chapolin. Um super herói todo atrapalhado, conhecido pelos seus mais diversos bordões. Sempre aparecia toda vez que alguém em perigo gritava: Oh, e agora quem poderá me defender?


O Chapolin era a esperança daquele que se encontrava em perigo. Quando o salmista escreve o salmo 121, ele chama a nossa atenção de que só há uma pessoa para quem podemos olhar e esperar que o socorro certo nos alcance: o Senhor, criador dos céus e da terra.


Mesmo em meio a tantas dificuldades, problemas e situações difíceis, só há um que de fato pode responder ao nosso clamor e verdadeiramente nos socorrer e este alguém é o Senhor, o nosso Deus.


E agora quem poderá nos defender? O Chapolin Colorado não poderá mais nem mesmo responder-nos ou nos ajudar, porque ele está morto. Mas existe alguém que também morreu, mas ressuscitou e pode não apenas nos responder como também nos ajudar. O seu nome é Jesus!


Ele já nos prestou um socorro espetacular quando morreu por nós na cruz do calvário e nos salvou da morte certa por causa dos nossos pecados. E é Ele quem nos presta o socorro certo nas tribulações. 


Por isso, quando estivermos nos sentindo inseguros e em perigo que clamemos, e esperemos a resposta certa: E agora, quem poderá nos defender? O nosso socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra.


Grácia e Rev. Antonio Donadeli

2 comentários :

RESTAURADOS PARA A GLÓRIA DO SENHOR - 3


“Tomou doze pedras, segundo o número das tribos dos filhos de Jacó, ao qual viera a palavra do Senhor, dizendo: Israel será o teu nome. Com aquelas pedras edificou o altar em nome do Senhor; (...)” (1Reis 18.31-32b)



Elias edifica o altar tomando doze pedras para representar as doze tribos do povo de Deus. Povo que procedia de Jacó, cuja promessa ou palavra de Deus havia sido dada. Elias edificou o altar do Senhor sobre uma promessa de Deus. 


O Senhor edifica nossas vidas sobre e pela sua palavra. As doze tribos encontravam-se divididas em duas nações, contudo, ao usar as doze pedras, Elias faz referência a unidade dos propósitos de Deus para seu povo. Propósito que encontramos em Sua Palavra e em Suas Promessas. 


Assim como o altar foi reconstruído sobre uma palavra proferida pelo próprio Deus, nossas vidas são levantadas, edificadas e sustentadas pela palavra de Deus. Elias ao edificar o altar do Senhor sobre a palavra de Deus nos lembra da importância de vivermos firmados sobre esta palavra.


Quando algo está edificado sobre a palavra de Deus, por mais que hajam dificuldades nada pode impedir

a ação de Deus e a manifestação poderosa de sua palavra. Em nome de Jesus e pelo poder da palavra de Deus, tudo cai por terra, porque a palavra se cumpre vitoriosa e soberanamente em nós!


Aproximou-se Elias e invocou o Senhor, Deus vivo e verdadeiro. Caiu fogo do céu e consumiu tudo: o holocausto, a lenha, as pedras, a terra e a água. Quando o povo viu isso caiu com o rosto em terra e disse: O Senhor é Deus! O Senhor é Deus!


Quando o fogo de Deus cai sobre o altar do nosso coração, é isso que acontece: um verdadeiro avivamento. Nós reconhecemos que só o Senhor é Deus e que só Ele deve ser adorado e honrado. 


Também reconhecemos o propósito de Deus para nossas vidas e nada mais importa. Provamos dessa copiosa restauração quando entendemos a importância de vivermos firmados na palavra de Deus e dela dependermos.


Sabemos que vivemos e existimos para honrar e glorificar o nome do Senhor. Viver de forma que o Senhor seja tudo em nossas vidas e que seu nome seja sempre glorificado deve ser o que devemos buscar diariamente.




“Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha.” (Mt 7.24-25)




O SENHOR EDIFICA NOSSAS VIDAS SOBRE A SUA PALAVRA.



Rev. Antonio Donadeli

0 comentários :

RESTAURADOS PARA A GLÓRIA DE DEUS - 2

“(...) Porém não havia uma voz que respondesse; e, manquejando, se movimentavam ao redor do altar que tinham feito. (...) E eles clamavam em altas vozes e se retalhavam com facas e com lancetas, segundo o seu costume, até derramarem sangue. Passado o meio-dia, profetizaram eles, até que a oferta de manjares se oferecesse; porém não houve voz, nem resposta, nem atenção alguma.” 1Reis 18.26b, 28-29


Muitas vezes em nossa necessidade de restauração, ficamos tão atordoados, apáticos e desanimados que não vemos possibilidade de mudança ou solução. É nesse exato momento que precisamos clamar ao Senhor.



Elias diz aos profetas de Baal que tomem um dos novilhos e, após prepararem-no, eles não deveriam meter fogo no altar, mas clamar a Baal para que ele o fizesse. Os profetas clamaram em altas vozes, se retalharam com facas, profetizaram, fizeram tudo que podiam, “porém não houve voz, nem resposta, nem atenção alguma”.


Diferentemente dos profetas de Baal, o seu clamor a Deus não é em vão. Basta clamarmos e confiarmos que Deus nos responderá. Ele mesmo diz em sua palavra: “Invoca-me, e te responderei; anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas, que não sabes.” (Jeremias 33:3).


Quando chegou a vez de Elias, ele clamou e Deus respondeu, mandando fogo do céu. O fogo consumiu a oferta e tudo quanto havia sobre o altar. Deus ouviu, respondeu, aceitou o que lhe foi oferecido, honrou o seu servo e glorificou Seu nome diante de todo o povo.


Assim também nas nossas vidas. 


Somos ouvidos pelo Senhor porque quando oramos, falamos a um Deus vivo. Isto é possível porque Jesus abriu o caminho através da sua morte na cruz e intercede por nós junto a Deus.


Num ambiente extremamente hostil e desesperador, Deus mudou todas as circunstâncias em resposta ao clamor do profeta Elias. 


Seja o que for que você esteja passando clame ao Senhor. Ainda que Deus não faça como você está pedindo, Ele lhe ensinará coisas maravilhosas e extraordinárias que estão além da sua compreensão. A sua vida provará a restauração de Deus e a glória do nome do Senhor poderá ser vista em você e através da sua vida. Basta que clamemos.




O SENHOR RESPONDE QUANDO CLAMAMOS.



Rev. Antonio Donadeli

0 comentários :

RESTAURADOS PARA A GLÓRIA DO SENHOR - 1


“Então, Elias disse a todo o povo: Chegai-vos a mim. E todo o povo se chegou a ele; Elias restaurou o altar do Senhor, que estava em ruínas.” 1Reis 18.30


Que áreas de sua vida precisam de restauração? Tem você adorado ao Senhor da maneira como ele deve ser adorado? Algo que nos chama a atenção é que antes que Elias invocasse a Deus, ele restaurou o altar do Senhor que estava em ruínas. Elias nos faz pensar na obra do Espírito Santo em nossas vidas.


Antes que possamos invocar o nome do Senhor para sermos salvos e provarmos a sua graça maravilhosa, o Espírito do Senhor age em nossas vidas nos restaurando e preparando para nos dedicarmos ao Senhor.


Por diversas vezes, podemos afirmar que o altar do Senhor que é a nossa vida está em ruínas. O lugar da adoração está comprometido e danificado e nós não temos condição de oferecer ao Senhor aquilo que lhe é devido e aceitável.


No texto, o altar estava em ruínas devido ao desuso por causa da idolatria do povo. Muitas vezes em nós o altar está em ruínas, por causa da vida que levamos. 


Não são poucas as ocasiões em que permitimos que os problemas, as dificuldades da vida, as pessoas que nos atacam e ferem, as ciladas do diabo, o pecado, tudo isso entre em nossos corações... Sem que percebamos o altar do Senhor vai ficando em ruínas, e nós vamos deixando de adorar e servir ao Senhor. 



É bem verdade que muitas vezes as lutas e as provações são tão intensas que realmente não temos condição alguma de oferecer algo a Deus: louvá-lo e adorá-lo. Mas, da mesma forma que Elias restaura o altar do Senhor para usá-lo para Seu serviço, o Espírito do Senhor vem sobre nós para restaurar e para nos colocar nos trilhos da vontade de Deus.



O altar não foi restaurado simplesmente para que ficasse “bonitinho”, “ajeitado”, para que todos que olhassem pudessem admirá-lo. Ele foi restaurado para que pudesse ser usado mais uma vez. Assim o Espírito do Senhor vem sobre nós para restaurar o Seu altar. Deus deseja restaurar o seu coração, para que você possa apresentar tudo que você é e tem diante dele. 



Caso seja essa a sua realidade, que você possa clamar como o salmista: “Restaura, Senhor, a nossa sorte, como as torrentes no Neguebe.” (Salmos 126.4). E assim, seja a sua vida restaurada e levantada como um altar para louvor, adoração e glória de Deus e para serviço do Senhor.



O SENHOR RESTAURA NOSSAS VIDAS PARA O SEU SERVIÇO



Rev. Antonio Donadeli

0 comentários :